Diario · Escolas

Num dia de Março

 

Num dia de Março

o vento soprava…

Se não me seguro

pelo ar me levava.

-Anda! Vem comigo! – dizia trocista.

– Do alto verás como é linda a vista.

Mas eu respondi:

– Não me levas, não.

E o vento não pode erguer-me do chão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *