Diario

Bom Ano de 2018

Hoje, que o ano começa,
e pra que comece bem,
vou fazer uma promessa
ao meu pai e à minha mãe.

E para não a esquecer
e que ninguém a desminta,
nesta folha de papel
aqui fica escrita a tinta.

Prometo solenemente
não brigar com o meu irmão,
repartir com toda a gente
brinquedos, bolos ou pão;

ter sempre tanto juízo
quer de dia quer de noite
que nunca há-de ser preciso
apanhar nenhum açoite.

Se assim fizer, hei-de ter
muitos amigos e amigas
porque a AMIZADE se pega
mais que o sarampo e as bexigas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *