Diario

Hoje na História…

A 24 de Agosto de 1820 eclodiu no Porto a Revolução Liberal que implantou em Portugal a Monarquia Constitucional. Foi o fim da Monarquia Absolutista no nosso país.

As dificuldades económicas e sociais, as Invasões Francesas, a permanência do Rei no Brasil e o descontentamento face ao domínio inglês em Portugal foram os principais fatores que conduziram à Revolução Liberal de 1820.

Este movimento foi preparado por uma associação secreta – o Sinédrio – e dirigido por alguns burgueses e oficiais do exército. Liderados pelo jurista Manuel Fernandes Tomás, os revolucionários de 1820 assumiram o compromisso de elaborar uma Constituição. Com ela pretendiam por fim ao regime de monarquia absoluta e inaugurar o regime constitucional.

Para a elaboração da Constituição convocaram-se eleições, através das quais foram eleitos os deputados que formaram as Cortes Constituintes. Estes deputados eram, na sua maioria, provenientes da burguesia e das profissões liberais.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *